topo

Qual a diferença entre duplicar e replicar CD ou DVD?

No processo em que são feitas replicas do original, na fase inicial do processo é feito um estampador ( matriz em alto relevo das trilhas que devem ser lidas, como um carimbo ) em processo galvânico. Depois esse é colocado num molde de injeção. Sobre o estampador injeta-se policarbonato a alta temperatura e pressão para que reproduza exatamente a informação existente no estampador, obtendo-se um CD transparente. Na etapa seguinte, uma camada de alumínio é depositada sobre a informação. O objetivo é conseguir uma superfície refletora para possibilitar a leitura do CD.  Para proteger a camada de alumínio, deposita-se sobre a sua superfície uma camada de laca, secando-se através de luz ultravioleta. Para acabamento é feita a estampa do rótulo, normalmente com silk screm.

No processo de gravação é diferente: Na fabricação do CD virgem chamado de CD-R, o policarbonato é injetado de forma a fazer um disco totalmente liso. Sobre este disco transparente é fixada uma camada foto-programável sensível ao comprimento de onda da luz emitida por um canhão laser, e depois outra camada de acabamento (laca). No caso do CD por nos utilizado, há ainda uma camada chamada “printable” que permite que impressoras especiais pintem sobre a superfície do CD.
Na fase de gravação é usada uma máquina duplicadora onde um CD gravado é usado como matriz e os CD-Rs virgens são colocados nas posições de gravadoras. A máquina efetivamente lê a matriz e copia para os outros CDs. A cópia é digital, não existe qualquer perda de qualidade do material duplicado. Depois de gravados os CDs, o software de gravação faz uma varredura comparando os CDs gravados com a matriz, na incidência de qualquer erro, a máquina avisa sobre o ocorrido e o  CD defeituoso é descartado.


Obs: depois de gravado e “fechado”  o CD não é mais denominado CD-R pois não tem mais capacidade para ser gravado, assumindo o formato para o qual foi codificado.  CDDA no caso de áudio, mas pode também ser CD Rom, VCD, multimídia etc


Após a gravação os discos vão para uma impressora própria para CD, e recebem o rótulo, que pode ser colorido sobre o branco ou sobre prateado, e finalmente recebem uma camada de resina transparente brilhosa, o que dá um acabamento muito delicado ao trabalho.
No processo de gravação, a qualidade do CD-R usado influi muito na qualidade e durabilidade do produto, a Digital Song só utiliza CD-R de qualidade comprovada de fornecedores nacionais, com muitos anos de mercado.

Telefone: (21) 3830-0180 - Email: faleconosco@digitalsong.com.br

Desenvolvido por: alunos do curso de Ciência da Computacão 2009-1 Gama Filho– © Copyright – Todos os direitos reservados.